No ar

Programação indisponível
  • WHATS
  • bebber

SONO E ADOLESCÊNCIA: INIMIGOS OU ALIADOS?

SONO E ADOLESCÊNCIA: INIMIGOS OU ALIADOS?

A adolescência pode ser sinônimo de muitos acontecimentos e permitir um leque de definições miríades, ramificando-se dentre as mais sinuosas veredas e mostrando faces que por hora parecem desalentadoras. Composta por fases, ciclos, sentimentos e mudanças. Mas, algo que me tira o sossego e leva a prostração é o sono; com a sua falta ou excesso.

Este período do dia destinado ao descanso, com o qual fixamos o que aprendemos, relaxamos, e organizamos as funções do nosso corpo; nesta idade fica extremamente temperamental. O verbo dormir por mais que se apresente simples e dissílabo possui um importante papel em nosso cotidiano, mas em determinada época da vida se descontrola de modo veemente, sendo capaz de causar dor de cabeça aos pais, pessoas em volta, e principalmente; nós mesmos.

Sentimo-nos desregulados, inválidos pela manhã, fracos à tarde, cansados o dia todo; suplicando por simplesmente minutos de olhos fechados e corpo espichado, mas quando cai a noite parece que esta vontade some. Vai para um local que não sabemos descrever ao certo. E atravessamos horas, a madrugada até. Fatigados pela insônia e preocupações com a prova do dia seguinte que precisamos estar relaxados para resolvê-la, e sabendo infelizmente que o danado – ou bendito sono só irá reaparecer no pior momento: a hora de acordar!

O despertador toca, nos rolamos de um lado ao outro, reclamando, atrasando-se; formando dois campos de guerra: um dentro do nosso corpo exausto e outro no quarto, com nossos pais gritando, xingando, implorando e nos arrastando para fora da cama. Todos acordam na casa, menos quem realmente deveria. E às vezes, mesmo ao término do delongado ritual de saída da alcova, recebemos advertências dos professores por estarmos desligados e sonolentos durante as aulas.

Rótulos e frases como “sua preguiçosa”, “eu teria vergonha de sempre levar broncas pelo mesmo motivo”, “você não tem jeito”, “na minha época não era assim”, já estamos saturados de ouvir. E quando dizemos “é coisa da adolescência” nossos pais nos olham com um sorriso sarcástico, levantam o queixo, estufam o peito e proferem: “eu nunca fiz isto e já tive tua idade ”. Depois disto, caro leitor, confesso que se cessaram os argumentos. Mas, para nosso conforto, há uma resposta cientifica para toda esta amálgama, e se teus pais não acreditarem, pesquisas e programas televisivos de renome de já explicaram estes “distúrbios”.

Digamos que em síntese, a culpa seja dos hormônios. Segundo pesquisadores, ocorre uma mudança em nosso relógio biológico devido a alteração na produção de um hormônio chamado melatonina, que é secretado pela glândula pineal. Ela que tem um papel fundamental no sono por despertar a vontade de dormir, passa ter seu pico de concentração no organismo um pouco mais tarde, dando origem ao “atraso” no adormecimento. Por hora, o uso de celulares e eletrônicos antes de deitar, pode provocar esta alteração, então também temos nossa parcela de culpa.

Contudo, para uma vida adolescente equilibrada são necessárias em torno de nove horas de sono por dia. Sei que é uma tarefa difícil, visto que temos disfunções hormonais e a escola na maioria das vezes, exige levantar cedo. Algumas soluções são praticar atividades físicas e ter uma rotina saudável, com bons hábitos e uma adequada alimentação. Porém, a instabilidade no sono é algo corriqueiro e se falar com teus amigos, aposto que irão relatar a mesma anedota.

Dormir sem dúvidas é essencial, por isso é necessária uma via de mão dupla: tentarmos adormecer cedo e nossa família respeitar este período conturbado.

Ou talvez, uma via de mão tripla com as aulas iniciando-se lá pelas 10h30. Rsrsrsrsrs. Seria uma boa, não? Mas isto já se torna assunto para outro texto!

 


Publicado por: Douglas Varela Data: 16/05/2018 11:00

Fotos




Principais Notícias

Publicado em 19/10/2018 16:26 por Marlo Matielo

AD AGN Capinzal estreia neste sábado na Copa Catarinense de Futsal

A Associação Desportiva AGN (AD AGN Capinzal) estreia neste sábado, dia 20, na Copa Catarinense de Futsal. A partida [...]

Publicado em 19/10/2018 13:18 por Jardel Martinazzo

Morador retorna do trabalho e encontra casa arrombada no interior de Capinzal

Morador da comunidade de Barro Branco, interior de Capinzal, teve a casa roubada na manhã desta sexta-feira [...]

Publicado em 19/10/2018 07:41 por Jardel Martinazzo

Homem embriagado vai parar no hospital após dar soco em vidro

Policiais militares foram acionados por volta das 5h20min desta sexta-feira (19) para se deslocar até o município de [...]

Outras notícias

Publicado em 18/10/2018 07:34

Bombeiros atenderam durante a madrugada motociclista vítima de queda na SC 467

O Corpo de Bombeiros atendeu um motociclista vítima de queda durante a [...]

Publicado em 17/10/2018 14:46

Handebol masculino representa Capinzal na Seletiva Regional da OLESC

O handebol masculino da Fundação Municipal de Esportes (FME) de Capinzal [...]

Publicado em 17/10/2018 14:42

INCOTUR analisa o pedido para instalação de novas empresas na área industrial

Na manhã desta terça-feira, dia 16, no Centro Administrativo, foi realizada [...]

Publicado em 15/10/2018 09:23

Câmara de Vereadores de Ouro realiza nesta segunda a terceira sessão do mês de outubro

A Câmara de Vereadores do município de Ouro promove na noite desta [...]

Publicado em 13/10/2018 23:38

Homem desfere soco e tenta sufocar mulher em Ouro

Mais um caso de violência doméstica – Lei Maria da Penha - mobilizou [...]

Publicado em 13/10/2018 23:27

Motorista é notificado após estacionar veículo sobre calçada no centro de Capinzal

O proprietário de um VW Polo, com placas de Caçador, foi notificado na manhã [...]